Faz muito tempo que o Google foi inventado, mas foi só a alguns anos atrás que as atualizações do algoritmo transformaram os critérios de SEO em algo bastante rígido. Sendo assim muito do que antes ajudava de forma incrível o seu site, hoje já é considerado uma espécie de penalidade.

Então é bem importante tentar evitar qualquer erro que venha a manchar a sua pontuação. Cada dia mais outros negócios onlines, sites e blogs surgem querendo competir nas mesmas palavras-chaves do que você. Então se você quer realmente aumentar os acessos do seu site, cuide para não fazer nada de errado e acabar estragando tudo.

Logo nada mais interessante do que saber os fatores mais comuns que penalizam um site, não é? Hoje decidi colocar sobre os meus ombros a nobre tarefa de denunciar todos os problemas que você pode encontrar utilizando más práticas de SEO.

Assim espero que você consiga manter sua posição e até mesmo subir se possível.

Principais penalidades de SEO – Más Práticas

Proteja seu site de Penalizações

Não são 1 ou 2 erros comuns que vão destruir a pontuação do seu site. Mas sim um conjunto de erros pequenos que criam um abismo entre você e a sua concorrência. Eu vou listar aqui alguns dos principais, então perceba e corrija tudo o que você já tiver cometido de erros.

É importante ressaltar que muitas pessoas não sabem disto, e uma ótima forma de você aprender da mesma forma que aprendi seria neste curso de seo online que eu fiz. Nesse treinamento eu aprendi basicamente tudo sobre SEO.

Então voltando, veja abaixo os itens que eu listei:

1 – Usar Spinners

Spinners são criadores de conteúdos automatizados. A ideia é criar um programa que gere artigos sobre determinadas palavras-chave de maneira rápida e sem necessidade de digitar.

É incrivelmente rápida a velocidade em que eles aparecem para você. Mas o Google já ficou ligado em relação a isso. Como o Google presa por conteúdos naturais e que se preocupam em trazer resultados eles criaram maneiras de encontrar conteúdos automáticos.

Porém esta não é nem uma tarefa tão difícil. Os textos criados por Spinners costumam ter uma qualidade péssima e muitas vezes contêm plágios. O que piora e muito seu score. Não caia na conversa de que eles servem para algo.

2 – Fazer uma péssima PBN

O Google não quer que você utilize técnicas para subir sem ser de forma orgânica. Então ele acaba verificando se o que você está usando é um PBN ou pessoas mesmo te recomendando.

É interessante que cada página do PBN só faça um link uma vez a cada duas semanas e que não estejam na mesma hospedagem.

3 – Densidade de palavra-chave ruim

Muitos encontram problema ao ter que colocar uma palavra-chave estranha no texto. Mas o Google quer ainda assim saber se ela aparece pelo menos uma vez. Então se vire e coloque ela de algum jeito lá!

4 – Texto muito curto

Muita gente quer concorrer com peixes grandes, mas usando iscas muito pequenas. A verdade é que se o seu texto não tem capacidade de trazer um número mínimo de palavras, então ele nem deveria estar no ar.

Você acha mesmo que um texto de 600 palavras com o básico vai parecer mais relevante para o Google do que um contendo de 3000 a 6000 palavras com toda uma carga de backlinks e fatos?

5 – Erros de gramática

Muita gente não sabe, mas o Google vai sim tirar pontos de quem não sabe escrever direito. Isso acontece principalmente com quem usa Spinners, que nem sempre conseguem criar frases lógicas.

Quanto mais correto o português, melhores os resultados.

Conclusão

Se você não cuida dos menores detalhes do seu site, muito provavelmente vai acabar prejudicado por algum problema bastante bobo. Então esteja atento e evite cometer os famosos erros de Black Hat.

Os resultados instantâneos podem parecer bons, mas a verdade é que você não vai ter um bom aproveitamento no longo prazo. Muitos ainda acabam gastando muito em PBNs mal feitas e isso reflete de maneira muito prejudicial no resultado final.

Se você deseja estar sempre nas primeiras posições, busque produzir um bom conteúdo, que seja envolvente e viral. Assim você garante os resultados no longo e curto prazo.

O lucro está perto de você, basta só enxergar as oportunidades e trabalhar duro!

Compartilhe este Conteúdo